Radiologia Industrial

Irradiação de alimentos: Saiba tudo sobre conservação de alimentos

Conheça a Importância da Irradiação de Alimentos Para a Sociedade

Olá pessoal, tudo bem? O tema de hoje é da área da Radiologia Industrial, exatamente de Irradiação de Alimentos para conservação. Vamos conhecer um pouco de como os alimentos são conservados através da utilização da radiação ionizante.

A Conservação de Alimentos por Irradiação é utilizada em vários lugares do mundo, principalmente nos países desenvolvidos, aqui no Brasil a ANVISA já aprova a irradiação em quase 40 tipos diferentes de alimentos.

A irradiação nos alimentos tem a função de diminuir a germinação ou eliminar bactérias que contaminam os alimentos e, diferente do que a maioria da população imagina, a irradiação não altera as propriedades dos alimentos, isso quando também respeitado o limite de dose de radiação para cada alimento.

A tecnologia de irradiação de alimentos é considerada segura ao ambiente e a saúde dos seres humanos, regulada por instituições mundiais como a OMS e a FDA, durante o processo são realizados testes de controle de qualidade e também pesquisas científicas sobre o tema.

Por que Irradiar Alimentos?

Irradiação de alimentos
Irradiação de alimentos

No mundo todo existe a perda de alimentos por contaminação de bactérias ou decomposição, em transportes distantes de exportação muitos alimentos são desperdiçados, essas sempre foram questões preocupantes e, o aumento da validade dos alimentos e a possibilidade de exportação para longas distancias é o grande importância de irradiar os alimentos, o prazo do tempo de estocagem de uma fruta, por exemplo, pode aumentar depois de irradiada em até três vezes mais.

Como é o Processo de Irradiação de Alimentos?

processo de irradiação de alimentos
processo de irradiação de alimentos

A conservação de alimentos por irradiação é dividida em três tipos: radurização, radiciação ou radiopasteurização e radapertização.

Radurização

Nesta técnica o alimento é submetido a doses baixas de radiação, o processo é indicado para inibir o brotamento da cebola, da batata e do alho, desta forma o tempo de maturação natural de frutas e verduras diminui. A fruta que passam por esse processo podem ser exportada para longas distancias sem problemas de estar madura e apodrecer no meio da viagem.

Radiciação ou Radiopasteurização

O processo de radiciação é utilizado com doses intermediárias de radiação, a técnica tem a finalidade de controlar a população de bactérias e fungos na superfície de alimentos, neste processo de irradiação as bactérias não são totalmente eliminadas porque algumas são importantes para determinados alimentos como peixes e carnes.

Radapertização

Neste terceiro tipo de processo, o alimento é exposto à doses maiores de radiação, sua finalidade é eliminar todos os microorganismos que podem decompor os alimentos. Esse processo é similar a uma esterilização pois o alimento fica livre de qualquer bactéria contaminante.

Veja este e outros termos no Glossário Colaborativo de Radiologia

Que Alimentos São Irradiados?

alimentos irradiados
alimentos irradiados

Os alimentos mais comumente irradiados são batata, cebola, frutas frescas ou secas, carne de vaca, carne de porco, peixe fresco, carne de frango, dieta hospitalar, frutos do mar e até ração militar.

Todos os alimentos conservados com irradiação devem exibir um selo em sua embalagem, neste selo tem o símbolo internacional de irradiação de alimentos, chamado de radura.

Tabela com a classificação de doses e seus objetivos em cada gênero alimentício

tabela de alimentos irradiados
tabela de alimentos irradiados

Neste artigo apresentamos a conservação de alimentos por irradiação, ainda vai ter muito assunto de Radiologia Industrial por aqui.

Deixe seu comentário sobre o artigo e participe ativamente do Radiologia BlogEsse trabalho está sendo feito por você.

Até a Próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo