Radiologia Veterinária

Radiologia Veterinária: Felino com Dificuldade de Respiração (Estudo de Caso)

Radiologia Veterinária: Felino com Dificuldade de Respiração (Estudo de Caso)

Olá, Sou Ellias Teixeira, tecnólogo em radiologia e acadêmico de medicina veterinária, estou aqui porque fui convidado pelo ilustre Thiago Rubens para poder estar passando um pouco do meu conhecimento em radiológica veterinária pra todos vocês.

Pra dar inicio, eu venho apresentar um caso ocorrido na semana passada de um animal que foi atendido na clínica veterinária e encaminhado para o setor de imagem para fazer um exame radiográfico de tórax.

O paciente, um felino do sexo masculino com um ano de idade, apresentando dispneia (falta de ar). Sua fiel cuidadora, muito atenciosa, ao suspeitar de uma alteração no comportamento do animal, principalmente, na sua respiração, levou o seu pet (animal de estimação) para a clínica veterinária.

O médico veterinário examinou o pet (ausculta, aferiu a temperatura, etc) e solicitou um exame radiográfico do tórax em 03 posições para avaliação cardiorrespiratória. Onde foram feitas as seguintes imagens:

radiologia veterinária - tórax felino
radiologia veterinária – tórax felino
radiologia veterinária - tórax felino 2
radiologia veterinária – tórax felino 2

Foi constatado um aumento de radiopacidade água em tecidos moles em cavidade torácica, sugerindo o diagnóstico de efusão pleural, onde, prejudicou a visualização da silhueta cardíaca, parte do diafragma e parênquima pulmonar.

Foi feita a drenagem de 120 ml de líquido/secreção do tórax paciente (toracocentese), fato que ajudou consideravelmente o quadro de dispneia do paciente e também foi feita a complementação com antibióticos.

Ainda faltam chegar alguns resultados de exames, mas, o paciente encontra-se em um estado de saúde bem melhor. Podemos ver a importância do atendimento imediato, a proprietária não esperou o quadro do seu animal de estimação piorar para procurar socorro.

Fator que pode ser sido decisivo entre a vida e morte do seu pet. Outro fator importante foi o exame radiográfico que pode constatar o problema do animal para que uma solução rápida pudesse ser empregada para melhorar o quadro do paciente.

Com isso, o médico veterinário pode agir de forma rápida, precisa e eficiente no auxílio de seu paciente, graças à proprietária e ao setor de Raios X que determinaram o ritmo entre o problema, a causa, a solução e a resposta.

Qualquer alteração notada no comportamento do animal deve ser interpretada como um sinal de alerta. Nunca medique seu animal de estimação, o seu pet deve ser levado imediatamente para o médico veterinário para uma avaliação técnica e confiável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo