Diagnóstico por Imagem

Mielografia, Saiba Mais Sobre o Exame

Saiba Mais Sobre o Exame de Mielografia

Hoje vou abordar um exame que está cada vez mais sendo substituído, a MIELOGRAFIA. Com a chegada dos tomógrafos Multslice e dos avanços da Ressonância, a MIELOGRAFIA está perdendo espaço nos serviços de radiologia, embora aqui onde resido, ainda é bem solicitado.
É um estudo radiológico da medula espinhal e de suas raízes nervosas utilizada para confirmar a presença de uma lesão de que se tem fortes suspeitas clínicas, para se identificar à extensão, o nível e o tamanho da lesão, para se encontrar múltiplas lesões ou para se excluir esta possibilidade.

mielografia
mielografia

Indicações clínicas:

A Mielografia é realizada para detectar várias lesões que podem estar presentes dentro do canal espinhal ou podem estar salientando-se para o interior do canal. Estas lesões incluem, mais comumente, tumores cancerosos ou benignos, cistos e núcleo pulposo hernia (herniação da porção interna de um disco espinhal).

Se houver patologias, a MIELOGRAFIA serve para distinguir a extensão, o tamanho e o nível da lesão. O outro aspecto importante da Mielografia é a capacidade de determinar se existem múltiplas lesões. O achado patológico mais comum da MIELOGRAFIA é um núcleo pulposo herniado.

mielografia
mielografia
mielografia
mielografia

O exame caracteriza-se por uma punção (o exame é geralmente realizado na região cervical ou lombar, sendo mais comum na região lombar). É indicado que o paciente esteja em uma das extremidades da mesa, sentado, com a cabeça abaixada (semelhante anestesia raquidiana). É de extrema importância, que, logo após a punção e administração do meio de contraste, o paciente não erga a cabeça ou tente se levantar, pelo fato da forte vertigem.

mielografia
mielografia

INCIDÊNCIAS

Paciente em decúbito dorsal realiza-se uma radiografia simples da região a ser radiografa (região cervical, torácica ou lombar). Após a punção do canal raquidiano, injeta-se 20 ml de contraste e realizam-se as seguintes incidências:

  1. Realizar uma radiografia da coluna estudada em AP.
  2. Realizar uma radiografia da coluna estudada em P (perfil) ortostática.
  3. Realizar radiografias em perfil (extensão e flexão) ortostáticas.
  4. Realizar radiografias em oblíquas direita e esquerda (OD e OE);
mielografia
mielografia
mielografia
mielografia
mielografia
mielografia
mielografia
mielografia

Hoje é muito comum encontrar exames de MIEOLOGRAFIA na veterinária.

Abraço a todos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo