Diagnóstico por Imagem

Saiba Mais Sobre o Posicionamento Radiológico do Crânio

Conheça as Incidências do Posicionamento Radiológico de Crânio

As incidências básicas do posicionamento radiológico do crânio são Postero-anterior (PA) e Perfil (ou Lateral). É importante verificar o protocolo de cada hospital ou clínica.

Para a realização do exame radiográfico de crânio é muito importante solicitar que o paciente retire óculos, aparelho auditivo, grampos de cabelo e brincos. O tamanho do receptor de imagem mais comum a ser utilizado é o 24x30cm.

Para um exame de boa qualidade é importante o profissional conhecer a anatomia do crânio, veja este breve resumo da anatomia do crânio.

Anatomia do Crânio

O crânio é composto por 8 ossos. Suas funções são:

  • Proteger o cérebro
  • Estabilizar a posição do cérebro, os vasos sanguíneos e nervos
  • Fornecer locais de fixação para os músculos que movem a cabeça
  • Proteger e apoiar as entradas para os sistemas respiratórios e digestivos
  • Proteger e apoiar os órgãos sensoriais: visão, gosto, cheiro, audição e equilíbrio

Os ossos do crânio são: frontal, parietal (2), etmóide, esfenoide, occiptal e temporal (2).

Posicionamento Radiológico de Crânio PA

O paciente é posicionado de frente para o bucky, com a testa em contato com o receptor de imagem, com uma distância foco-filme de 100cm. A colimação deve ser feita entre o vértice da cabeça, borda inferior do ociptal e margens laterais do crânio.

Posicionamento Radiológico de Crânio Perfil

posicionamento radiológico crânio incidências
posicionamento radiológico crânio incidências

O paciente é posicionado com a lateral do rosto em contato com o bucky. O raio central é direcionado perpendicular ao receptor de imagem, com o feixe entrando entre a glabela e a protuberância occipital externa.

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo