Física Radiológica

Conheça a Área da Metrologia

Saiba Tudo Sobre a Metrologia

A metrologia tem grande influência durante as atividades laborais desenvolvidas no setor de radiodiagnóstico, mas nem sempre os profissionais das técnicas radiológicas têm conhecimento sobre esta ciência. Por isto, este artigo pretende introduzir o conceito da metrologia e suas aplicabilidades.

De acordo com o VIM (Vocabulário Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia), metrologia é definida como a ciência da medição, sendo esta medição um conjunto de operações que tem por objetivo determinar o valor de uma grandeza.

Ela abrange todos os aspectos teóricos e práticos relativos às medições, qualquer que seja a incerteza, em quaisquer campos da ciência ou tecnologia (VIM, 2012).

Metrologia é a base técnica da qualidade e é considerada pré-condição ao desenvolvimento das tecnologias e ciências. Mais especificamente, metrologia quantifica as grandezas e lhes atribui números confiáveis para expressar características particulares de produtos ou processos.

O desenvolvimento metrológico garante que os produtos ou processos estejam em conformidade com os critérios estabelecidos em leis ou regras (BORCHARDT, 1999).

metrologia radiologia
metrologia radiologia

Figura 01: Diversos instrumentos de medição

A metrologia, de acordo com sua abrangência ou aplicabilidade, pode ser categorizada como (BORCHARDT, 1999):

  • Metrologia científica – é aquela que trata o desenvolvimento da ciência das medições, desde os instrumentos e procedimentos de medição.
  • Metrologia industrial – aplica os conhecimentos metrológicos no desenvolvimento da indústria e na melhoria dos produtos e serviços.
  • Metrologia legal – visa assegurar aos bens e serviços o pleno cumprimento das especificações técnicas mínimas que garantam a defesa do consumidor.

Na radioproteção, a metrologia científica, também denominada primária ou fundamental, trata, basicamente, dos padrões de medição internacionais e nacionais, englobando os instrumentos laboratoriais, pesquisas e metodologias científicas relacionadas ao mais alto nível de qualidade metrológica (www.cni.org.br, 2014). Atua, portanto, ao nível da mais alta exatidão e mínima incerteza, de maneira a manter e conservar os padrões de referência em caso de comparação interlaboratorial com outros laboratórios primários. A ela compete assegurar confiabilidade metrológica e rastreabilidade dos padrões de mais alta exatidão do BIPM (Bureau Internacional de Pesos e Medidas) (CATIM, 2008).

Todas as grandezas utilizadas nos diversos ramos da ciência e tecnologia necessitam ser padronizadas e rastreadas ao BIPM para fins de homogeneidade e exatidão de seus valores em qualquer parte do mundo. Atualmente, o grau de desenvolvimento de empresas e nações pode ser avaliado pelo nível de sofisticação do seu sistema metrológico (FROTA, 1998).

Em 1989 o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Padronização e Qualidade Industrial), considerando a infraestrutura implementada e a competência desenvolvida na área da metrologia, delegou ao IRD (Instituto de Radioproteção e Dosimetria) a atuação de laboratório designado a nível nacional na área de radiações ionizantes. Desde então o LNMRI (Laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes), tem como função principal o estabelecimento de métodos de medição e manutenção de padrões relacionados às principais grandezas no campo das Radiações Ionizantes (IRD, 2009).

No radiodiagnóstico, a metrologia é aplicada em vários seguimentos, como por exemplo: os laboratórios responsáveis pelas leituras mensais dos dosímetros termoluminescentes devem estar devidamente rastreáveis aos padrões de referências e os equipamentos de medição utilizados para levantamento radiométrico devem ser calibrados em laboratórios certificados pelo LNMRI. Já na medicina nuclear, os serviços participam de Programas de Intercomparação Laboratoriais para verificar o desempenho dos ativímetros (medidor da atividade do radiofármaco), ou seja, identifica se os equipamentos e métodos utilizados estão em conformidade e se seu corpo técnico é treinado e qualificado em seus procedimentos.

Portanto, para a aplicabilidade da Radioproteção, tanto do IOE (Indivíduo Ocupacionalmente Exposto), quanto dos pacientes/clientes e dos indivíduos do público é extremamente necessária a ciência das medições – a metrologia.

REFERÊNCIAS:

BORCHARDT, M. Implantação de um Sistema de Confirmação Metrológica. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. UFRGS. Rio Grande do Sul: 1999.

CATIM, Centro de Apoio Tecnológico à Indústria Metalomecânica. Categorias da Metrologia – 2008. Disponível em: http://www.catim.pt/Catim/PDFS/categorias%20da%20Metrologia.pdf. Acesso em 11 de janeiro de 2014.

FROTA MN. Metrology in Chemistry: a new challenge for the Americas: proceedings of the First Interamerican Workshop on Metrology in Chemistry. Rio de Janeiro: Qualimark; 1998.

IRD – Instituto de Radioproteção e Dosimetria. Plano Diretor 2009-2012. Disponível em: http://www.ird.gov.br /PLANO_DIRETOR_DO_IRD_2009_2012.pdf. Acesso em 18 de julho de 2012.

VIM – Vocabulário Internacional de Metrologia: conceitos fundamentais e gerais e termos associados. Portaria n.º 232, de 08 de maio de 2012. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), 1.ed. brasileira. Rio de Janeiro. 2012.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo