Mercado de Trabalho

7 Questões de Concurso Que Vão Te Fazer AMAR o SUS

Veja 07 Questões de SUS Comentadas de Concursos Para Você Estudar e Passar a Amar o SUS

Olá, para entender a Legislação do Sistema Único de Saúde há a necessidade de exercitar constantemente os conteúdos. Sendo assim, postei mais algumas questões sobre temas diversificados do nosso querido e amado SUS! Depois destas 07 questões que selecionei e comentei o gabarito tenho certeza que você também vai AMAR o SUS assim como eu.

Concurso SUS
Concurso SUS

#1º de SUS da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis – RJ

A regulamentação da Lei Orgânica da Saúde tem sido efetuada através das chamadas normas operacionais do SUS, sendo que, desde 1991, já foram editadas cinco normas operacionais (NOB 91, NOB 92, NOB 93, NOB 96 e NOAS 01/02). Sobre a Norma Operacional de Assistência à Saúde – NOAS-SUS 01/02 – pode-se fazer a seguinte afirmação:

A) estabelece o processo de regionalização como estratégia de hierarquização dos serviços de saúde;
B) reduz as responsabilidades dos municípios na Atenção Básica;
C) instituiu o PAB – Piso da Atenção Básica;
D) cria os níveis de gestão Incipiente, Parcial e Semi-Plena;
E) institui a PPI – Programação Pactuada e Integrada.

#2º Questão de SUS da Prefeitura Municipal de Biguaçu – SP

A Gestão Plena da Atenção Básica Ampliada (PABA) é umas das condições de gestão que o município pode habilitar-se a partir da NOAS-SUS 1/2002, tendo como responsabilidades, EXCETO:

a) A execução das ações básicas, de média e alta complexidade de vigilância sanitária.
b) O gerenciamento de unidades ambulatoriais próprias.
c) A elaboração do relatório anual de gestão e aprovação pelo Conselho Municipal de Saúde.
d) A elaboração do Plano Municipal de Saúde.

#3º Questão de SUS da Prefeitura de Belo Horinzonte – MG

No Sistema Único de Saúde, a Política Nacional de Humanização utiliza como princípios norteadores:

a) O fortalecimento da participação popular em todas as instâncias gestoras do SUS.
b) O acolhimento dos usuários de forma resolutiva e respeitosa através da organização de filas que promovam a otimização dos serviços.
c) O fortalecimento dos direitos do cidadão, considerando a hora de chegada na unidade de saúde ou o número de ordem na fila de espera para definir as prioridades de atendimento.
d) O fortalecimento do trabalho em equipe multiprofissional, destacando o trabalho desenvolvido pelo profissional médico como a garantia da porta de entrada do usuário no serviço de saúde.

Concurso do SUS na área de radiologia
Concurso do SUS na área de radiologia

#4º Questão de SUS da Prefeitura Municipal de Betim – MG

São diretrizes da Política Nacional de Humanização / HumanizaSUS, EXCETO:

a) Prioridade e estímulo às práticas intervencionistas.
b) Participação dos trabalhadores através da formação dos colegiados de gestores.
c) Estímulo à corresponsabilidade dos gestores, trabalhadores e usuários no processo de produção de saúde.
d) Adequação dos serviços ao ambiente e à cultura local, respeitando a privacidade e promovendo um ambiente acolhedor e confortável.

#5º Questão de SUS da Prefeitura Municipal de Betim – MG

Em relação à Portaria n. 2.488, de 21 de outubro de 2011, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, afirma-se:

A) Para a Estratégia de Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS).
B) Para a Estratégia de Saúde da Família (ESF)
C) Para o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS).
D) Para as ações somente de prevenção à saúde.
E) Para as Equipes de Saúde Bucal.

#6º Questão de SUS da Prefeitura Municipal de Betim – MG

“Constituem-se em arranjos organizativos formados por ações e serviços de saúde com diferentes configurações tecnológicas e missões assistenciais, articulados de forma complementar e com base territorial e têm diversos atributos, entre eles destaca-se: a atenção básica estruturada como primeiro ponto de atenção e principal porta de entrada do sistema, constituída de equipe multidisciplinar que cobre toda apopulação, integrando, coordenando o cuidado e atendendo as suas necessidades em saúde.” Esse é o conceito de:

A) Redes de Atenção à Saúde.
B) Sistemas de Apoio.
C) Sistemas Logísticos.
D) Pontos assistenciais.

#7º Questão de SUS da Prefeitura Municipal de Betim – MG

O Ministério da Saúde criou o Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF -, com a Portaria GM nº 154, de 24 de janeiro de 2008, republicada em 04 de março de 2008. Dado esse contexto, é CORRETO afirmar que:

A) O NASF diminui as ações das ESF mediante o apoio matricial de especialistas.
B) O NASF constitui-se porta de entrada do sistema para os usuários.
C) O NASF visa à interdisciplinaridade, à intersetorialidade, à educação popular, ao território, à integralidade, ao controle social, à educação permanente em saúde, à promoção da saúde e à humanização.
D) A definição dos profissionais que compõem a equipe dos NASF é de responsabilidade dos gestores federais.
E) O NASF não tem como responsabilidade atuar na atenção à saúde da mulher e na assistência farmacêutica.

Gabarito Comentado

Gabarito concurso do SUS - Radiologia
Gabarito concurso do SUS – Radiologia

#Questão 1

GABARITO A – Esta Norma Operacional apresenta como premissa o estabelecimento do processo de regionalização como estratégia de hierarquização dos serviços de saúde e de busca de maior equidade. Tal premissa encontra-se no capitulo I – regionalização.

#Questão 2

GABARITO A – Os municípios habilitados em GPAB-A apresentam as seguintes responsabilidades: Elaboração do Plano Municipal de Saúde, a ser submetido à aprovação do Conselho Municipal de Saúde; Gerência de unidades ambulatoriais própria; Gerência de unidades ambulatoriais transferidas pelo estado ou pela União; Execução das ações básicas de vigilância sanitária, de acordo com a legislação em vigor e a normatização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA); Execução das ações básicas de epidemiologia, de controle de doenças e de ocorrências mórbidas, decorrentes de causas externas, como acidentes, violências e outras, de acordo com normatização vigente.

#Questão 3

GABARITO A – Podemos destacar na PNH os princípios que norteiam as suas ações e implementações: Valorização da dimensão subjetiva, coletiva e social em todas as práticas de atenção e gestão no SUS, fortalecendo o compromisso com os direitos do cidadão, destacando-se o respeito às reivindicações de gênero, cor/etnia, orientação/expressão sexual e de segmentos específicos (populações negras, do campo, extrativistas, povos indígenas, remanescentes de quilombos, ciganos, ribeirinhos, assentados, etc.);

– Fortalecimento de trabalho em equipe multiprofissional, fomentando a transversalidade e a grupalidade;
– Apoio à construção de redes cooperativas, solidárias e comprometidas com a produção de saúde e com a produção de sujeitos;
– Construção de autonomia e protagonismo dos sujeitos e coletivos implicados na rede do SUS;
– Corresponsabilidade desses sujeitos nos processos de gestão e atenção;
– Fortalecimento do controle social com caráter participativo em todas as instâncias gestoras do SUS;
– Compromisso com a democratização das relações de trabalho e valorização dos trabalhadores da saúde, estimulando processos de educação permanente;
– Valorização da ambiência, com organização de espaços saudáveis e acolhedores de trabalho.

#Questão 4

GABARITO A – A Política Nacional de Humanização propõe uma construção de práticas coletivas, apresentando como princípio norteador a prioridade e estímulo às práticas resolutivas e não intervencionistas, de acordo com as necessidades do usuário.

#Questão 5

5 – GABARITO A – Questão que apresenta grau de dificuldade mínimo – PORTARIA Nº 2.488, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011 Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS).

#Questão 6

GABARITO A – Show! Outra questão referente à Portaria 2488/11, onde temos a definição da Rede de Atenção à Saúde como estratégia para um cuidado integral e direcionado as necessidades de saúde da população. As RAS constituem-se em arranjos organizativos formados por ações e serviços de saúde com diferentes configurações tecnológicas e missões assistenciais, articulados de forma complementar e com base territorial, e têm diversos atributos, entre eles destaca-se: a atenção básica estruturada como primeiro ponto de atenção e principal porta de entrada do sistema, constituída de equipe multidisciplinar que cobre toda a população, integrando, coordenando o cuidado, e atendendo as suas necessidades de saúde.

#Questão 7

GABARITO C – Segundo a Portaria 2488/2011- Estabelecida pela portaria 154 de 2008, o Núcleo de Apoio de Saúde da Família (NASF) tem como objetivo ampliar a abrangência e o escopo das ações da atenção básica, bem como sua resolutividade.

O NASF é constituído por equipes compostas por profissionais de diferentes áreas de conhecimento que irão atuar em parceria com os profissionais das Equipes Saúde da Família – ESF.

Tem como premissas:

Não se constituem como porta de entrada do sistema
Responsabilização compartilhada: equipes SF e NASF
Revisão da prática do encaminhamento
Integralidade do cuidado físico e mental: qualificação e complementaridade do trabalho das ESF.

Bons estudos e não perca o foco!

Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo